Skip links

Robotização na área fiscal – benefícios e o que podemos automatizar!

Cada vez mais o avanço da tecnologia vem compreendendo todas as áreas de uma organização, logo o setor fiscal não ficou imune aos desafios impostos pela transformação digital

Investir em robotização na área fiscal tem sido uma interessante estratégia das organizações, visto que possibilita a diminuição do tempo gasto na execução  de tarefas manuais, maior precisão nos cálculos e também o aumento da produtividade.

Enquanto as empresas visam aumentar produtividade e diminuir custos, o Fisco está cada vez mais digitalizado e alerta aos novos procedimentos, mas ainda vinculado a antigas práticas. 

Importância da robotização na área fiscal tributária

A robotização surge com o intuito de transformar as rotinas no setor fiscal e contábil das empresas. Vista disso, a automação de processos através de robôs possibilita agilizar, padronizar os resultados e aumentar o compliance da sua área.

Muitas das atividades do departamento fiscal dependem de diversas rotinas manuais, e por isso, podem ser automatizadas, a fim de acelerar os processos internos.

A partir dos avanços da tecnologia surge a Automação Robótica Processos (RPA), que diz respeito a solução tecnológica em que robôs desempenham tarefas repetitivas por meio da interação com interfaces com seu ERP. 

Com a robotização nas áreas fiscais e contábeis o tempo é economizado, pois, o robô, por exemplo, pode gerar o valor dos impostos, as guias para o pagamento e até enviar as remessas de pagamento para o banco. É neste sentido que a transformação digital chamou a atenção das empresas, para haver investimento em tecnologia buscando se diferenciar dentre os negócios no mercado.

    As atividades do setor fiscal

O departamento fiscal de uma empresa é responsável por diversas tarefas referentes aos tributos, bem como às obrigações fiscais.

Algumas das principais atividades realizadas por este setor são: 

  • Realizar o planejamento tributário;
  • Auxílio na escrituração fiscal das atividades da empresa;
  • Preparação e entrega de obrigação acessórias;
  • Monitoramento dos prazos para a realização dos pagamentos;
  • Escrituração de notas fiscais;
  • Emissão das notas fiscais de saída;
  • Apuração de impostos, taxas e contribuições.
  • Auxílio no registro contábil das provisões tributárias;
  • Preparação e entrega de obrigações acessórias, etc. 

O setor é responsável também pelos seguintes afazeres:

  • Geração de guias para o recolhimento de impostos estaduais, municipais e  federais;
  • Elaboração das informações e transmissão do SPED;
  • Prestação de atendimento a auditoria externa visando desenvolver e elevar o conhecimento da empresa, entre outras responsabilidades.
  • Conciliação fiscal e contábil
  • Realização da Escrituração Fiscal Digital (EFD); entre outras.

Benefícios da automação de processos de robotização

Empresas de segmentos como logística, agronegócio e varejo têm optado por automatização de atividades manuais via robôs. 

Com isso, as empresas que trabalham com milhares de dados fiscais por dia se destacam em sua operação, ganhando agilidade, tempo e economia financeira

Por isso, a robotização fiscal segue no centro das inovações tecnológicas, oferecendo diversas alternativas para as empresas que resolvem investir em seu progresso. 

A aplicabilidade da automação de processos de robotização possibilita uma série de benefícios para as organizações. Dentre elas está a celeridade na execução de tarefas. Uma vez que, uma plataforma de RPA tem a capacidade de realizar tarefas manuais e repetitivas humanas em segundos. 

Nessa questão, a empresa garante alta produtividade para suas práticas, aumentando também a qualidade dos resultados. 

A produção de documentos e a inserção de informações em sistemas, compreendendo a precisão nos cálculos de tributos e a facilidade em controlar os compromissos fiscais ao longo do exercício fiscal , podem ser aprimorados também com o uso da robotização. Então, isso gera produtividade de todo departamento fiscal, redução equívocos, falhas graves e diminuição de custos no desenvolvimento dos processos internos (manuais).

Saiba outros principais benefícios que a sua empresa pode obter utilizando o RPA: 

  • Precisão nos cálculos;
  • Consistência e previsibilidade nos resultados alcançados com a automação;
  • Facilidade em controlar todos os compromissos fiscais ao longo do ano;
  • Incremento do tempo utilizado para desenho de estratégias;
  • Aumento da inteligência de dados e atuação no planejamento da área fiscal;

Com a utilização da robotização de processos, os especialistas fiscais podem dedicar-se a questões mais estratégicas. 

Processos do departamento fiscal que podem ser automatizadas

É preciso esclarecer que não são todas as rotinas da área fiscal que podem ser executadas pelos robôs, logo é essencial entender os principais processos e  entender quais são os limites de atuação da robotização fiscal. 

Saiba quais são as atividades que podem ser automatizadas na área fiscal:

  • Lançamentos de guias e pagamento dos tributos;
  • Contagem de impostos, contribuições e taxas;
  • Reconciliação de Livros Fiscais x escrituração contábil;
  • Rotinas de recebimento fiscal;
  • Acompanhamento da agenda de compromissos fiscais;
  • Cumprimento das obrigações acessórias;
  • Processamento das informações de e-mails.

    Como implementar e escolher o melhor de RPA?

Para iniciar um projeto de RPA é imprescindível você  escolher o parceiro de implementação certo, e claro a melhor tecnologia.

Um projeto bem desenhado com o mapeamento profundo e detalhado, gera maior resultado e baixo impacto para o time fiscal.

É nesse contexto que nós da Atvi podemos apoiar a gestão fiscal para que otimizem seus processos e gerem maior vantagem competitiva. Entre em contato com o especialista clicando abaixo e tire todas as suas dúvidas. 

Entre em contato com um de nossos especialistas

Gostou desse conteúdo? Quer saber mais sobre a LGPD? Para mais informações assine a nossa newsletter.

Leave a comment

Clique
Arraste