Skip links
Como funciona o processo de valoração de empresas?

Como funciona o processo de valoração de empresas?

O processo de valoração de empresas, ou em outras palavras, Valuation, trata-se de um fator crucial para uma organização, não apenas no momento da aquisição ou na venda de ativos.

O mundo empresarial é muito dinâmico e podem surgir grandes oportunidades na jornada da organização, entre elas, propostas de investimento ou de compra da companhia. 

Nesse momento, é essencial que você saiba qual o real valor da organização no mercado. Só assim, poderá avaliar propostas e tomar decisões efetivas.

Então, você já sabe qual o valor de sua marca? Continue a ler este artigo e saiba o que é e como é feita a avaliação de empresas.

Para começo de conversa, o que é Valuation?

De modo resumido, o termo de origem da língua inglesa, significa avaliação de empresas, refere-se ao processo que estima o verdadeiro valor do negócio, determinando o valor justo, bem como o retorno de investimento em suas ações e a partir deste conjunto, a decisão é tomada, seja para aquisição ou venda. 

Entre os pontos considerados para a valoração de empresas, o Valuation considera:

  • Posição que a companhia ocupa no mercado;
  • Previsão do retorno de investimentos em suas ações.

Além dos números e resultados, a avaliação das empresas também considera elementos subjetivos. Entre eles, as decisões do empreendedor e a percepção que o mercado tem em relação à companhia.

Assim sendo, o processo de valoração de empresas exige amplo conhecimento do mercado em que a organização atua.

Quais os principais benefícios da Valuation?

Saber o valor da empresa gera vantagens para a gestão organizacional. O primeiro deles, como já colocamos, é compreender o valor de revenda do negócio.

Afinal, nunca se sabe quando vai surgir uma boa oportunidade para venda de empresas.  Por isso é muito importante ter esse número real em mãos. Só assim será possível empreender ações para aumentar o valor de mercado.

Mas há outras vantagens na avaliação das empresas. Veja os mais importantes a seguir:

A) Melhorar a visibilidade dos ativos organizacionais

Com dados precisos e confiáveis você poderá obter uma correta cobertura de seguros, identificar o melhor momento de ampliar os investimentos na própria organização e trabalhar continuamente para aumentar a Valuation.

B) Conseguir melhores negociações no momento de fusão ou aquisição de empresas

É natural que quando uma grande companhia deseja comprar outra menor, o comprador ofereça o menor valor possível.

E se você não souber a correta valoração de empresas não terá argumentos para negociar números mais favoráveis ao seu negócio. 

Mostrar o Valuation real, apresentar o crescimento de sua organização ao longo dos anos, a boa referência que tem no mercado e todo o potencial de crescimento, vai provar o seu valor real.

C) O processo de valuation é essencial na busca por investidores

Quer conseguir bons investimentos para promover a inovação e o crescimento de seus negócios? Então, você precisa de um trabalho profissional, especializado em avaliação de empresas e  preferencialmente contrate empresas reconhecidas no mercado, geralmente a própria consultoria apresentará a sua empresa para investidores potenciais 

Além da real valoração de empresas, o investidor também vai querer ter certeza de que aquele negócio tem boa reputação e potencial de crescimento no mercado.

Quais os principais métodos de valoração de empresas?

Existem vários métodos para avaliação de empresas. Acompanhe 3 deles!

1) Fluxo de Caixa Descontados (FCD)

Um dos métodos mais usuais de Valuation, o FCD permite verificar ativos tangíveis e intangíveis de uma companhia. 

Seu objetivo é analisar a capacidade de gerar caixa, bem como eventuais riscos do negócio. Ela pauta-se no histórico das receitas e, por este motivo, essa forma de valoração não é indicada para organizações abertas há pouco tempo.

Para essa avaliação de empresas, também são considerados o momento econômico, a concorrência e os consumidores.

No Valuation por meio do Fluxo de Caixa Descontado, temos 3 etapas básicas:

  1. Estimativa do Fluxo de Caixa: diminui do valor recebido o que seja gasto no futuro;
  2. Determinação de taxa de desconto: aqui, considera-se riscos de negócio e de investimentos, mediante oportunidades como poupança e bolsa de valores;
  3. Resultados: correção dos resultados para valores atualizados e soma dessas quantias.

O cálculo da FCD é feito com base na taxa de desconto WACC – Weigthed Average Cost of Capital – WACC, seguindo a fórmula: WACC = Ke x (E/(D+E)) + Kd x (D/(D+E)), sendo:

  • WACC= Weight Average Cost of Capital
  • Ke = Custo de capital aos acionistas 
  • Kd= Custo da dívida
  • E= Total do patrimônio líquido

2) Valor Patrimonial

Muito usado para calcular ganhos de capital em pagamento de impostos e vendas. Essa avaliação de empresas leva em consideração a estimativa de valor do patrimônio líquido de um negócio.

Em outras palavras, o Valor Patrimonial é o valor líquido total movimentado pela organização até o momento da valoração de empresas.

Seu cálculo é obtido com a soma de todos os ativos circulantes e não circulantes, subtraindo todas as obrigações do passivo circulante e não circulante da companhia.

3) Avaliação relativa

Nesse cálculo de Valuation, o valor de um ativo tem como base o valor de ativos similares, com variável comum. São dois os componentes dessa avaliação de empresa:

  • Ativos similares: comparação com outras organizações que estão no mesmo mercado de atuação e que têm o mesmo porte com a que está sendo avaliada;
  • Preço padronizado: aqui divide-se o valor de mercado por alguma medida que esteja atrelada a esse número. Por exemplo: faturamento, número de clientes, etc.

Existe algum exemplo de Valuation para ilustrar melhor?

Uma das maiores organizações do Brasil, o Itaú é um bom exemplo de como é importante conhecer o valor real de seus negócios.

Ocupando a liderança em seu segmento de mercado no país, nos últimos anos cresceu por meio de ganho de market share e aquisição de novas empresas.

O crescimento do Itaú, para os próximos períodos, deve ocorrer em paralelo com a evolução do Produto Interno Bruto. Já em termos de concorrência nada indica mudanças significativas.

Assim sendo, a análise de valoração da marca – feita pela Suno – baseou-se nos seguintes dados:

Taxa de desconto:

Período de Alto Crescimento

Período de Crescimento Estável

  • Taxa de crescimento: 6%
  • Payout:66,67%
  • ROE: 20$%

O resultado foi que o valor justo para ações do Itaú ficou em R$ 52,33, segundo o estudo de Valuation aplicado à época – contra R$ 33,60, que era o valor praticado antes da valoração da empresa. (Suno, 2018).

Como você pôde notar, calcular o real valor de empresas é um trabalho complexo que precisa ser realizado por especialistas

Entre em contato com um de nossos especialistas

Quer se manter informado sobre temas para a área financeira e fiscal de sua organização? Assine nossa newsletter e não perca nenhuma novidade

Leave a comment

Clique
Arraste