BLOCO K: Obrigatoriedade da escrituração x Oportunidade de geração de caixa

  • BLOCO K: Obrigatoriedade da escrituração  x Oportunidade de geração de caixa

    BLOCO K: Obrigatoriedade da escrituração x Oportunidade de geração de caixa

    O Bloco K (Controle da Produção e do Estoque) é a digitalização do Livro de Registro de Controle da Produção e do Estoque (Modelo 3), cujos registros visam identificar e controlar as movimentações (Entradas, Saídas e Perdas) de insumos e produtos, em um determinado período no processo produtivo das empresas, bem como seus saldos em estoque.

    Quem está obrigado e qual o prazo?

    Estabelecimentos industriais classificados nas divisões 10 a 32 da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), com faturamento anual igual ou superior a R$ 300 milhões, ou que estejam habilitados ao Regime Aduaneiro Especial de Entreposto Industrial sob Controle Aduaneiro Informatizado (RECOF), deverão entregar o Bloco K (Controle da Produção e do Estoque), a partir de janeiro de 2017, mensalmente.

    A partir de janeiro de 2018 a obrigação se estende para os estabelecimentos industriais classificados na CNAE de 10 a 32, com faturamento anual em 2016 superior a R$ 78.000.000,00 (setenta e oito milhões), e a partir de janeiro de 2019 para as demais empresas.

    Para os estabelecimentos industriais fabricantes de bebidas e produtos derivados do fumo, a obrigatoriedade foi alterada para 1º de dezembro de 2016.

    O que fazer?

    Na fase inicial é fundamental mapear todo o processo produtivo, movimentação de estoque, perdas, movimentação entre terceiros, inventário, compras e vendas.

    Uma grande dificuldade que as empresas estão encontrando é realizar o mapeamento do processo produtivo das movimentações do estoque em relação às perdas, tanto de matéria-prima, quanto de produto final.

    Para superar esse desafio é importante montar um time que una conhecimento do Sistema de Gestão, dos processos fiscais e contábeis envolvendo controle de estoque, e do software fiscal.

    A Atvi Consultoria ajuda a sua empresa a se preparar para esse desafio com apoio de seu time de profissionais,  os quais têm domínio dos processos que envolvem o correto Controle de Estoque e os principais softwares fiscais do mercado e de parceiros especializados nos diferentes softwares de Gestão Empresarial.

    Oportunidade

    Com o controle de estoque mais apurado a empresa pode transformar essa obrigatoriedade em oportunidade de geração de caixa mediante aproveitamento do Sistema  Eletrônico de Gerenciamento do Crédito Acumulado (e-CredAc) de ICMS e do ressarcimento de ICMS com Substituição Tributária (ICMS-ST).

    A Atvi pode auxiliá-lo na geração dos arquivos e dados comprobatórios por meio do Software Fiscal MasterSAF ou como serviço, inclusive apoiando sua empresa nos processos fiscalizatórios e requisição do crédito.

    Entre em contato conosco e agende uma reunião com nossos especialistas