pt-brenes

eSocial: NIS será validado nos testes da produção restrita

  • eSocial: NIS será validado nos testes da produção restrita

    eSocial: NIS será validado nos testes da produção restrita

    Desde 27/11 as empresas já podem testar a versão 2.4.01 no Ambiente de Produção Restrita. Essa versão será a adotada no início de obrigatoriedade do eSocial, em janeiro de 2018.

    Entre as novidades, a principal é a validação do Número de Inscrição Social (NIS), na base do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Uma das premissas para o envio de informações e recolhimento das obrigações por meio do eSocial é a consistência dos dados cadastrais enviados pelo empregador, que está disponível para testes a partir dessa versão.

    Portanto será necessário que o empregador realize a Qualificação Cadastral dos trabalhadores. Para facilitar o trabalho de regularização cadastral, e como medida preventiva à rejeição dos dados, foi disponibilizado no Portal do eSocial a aplicação Consulta Qualificação Cadastral (CQC) para identificar possíveis divergências associadas ao nome da pessoa, à data de nascimento, ao CPF e ao NIS.

    Eventuais divergências serão apontadas pelo sistema que apresentará uma mensagem orientadora de como proceder à correção dos dados.

    Para mais informações sobre a Qualificação Cadastral, consulte o menu correspondente no portal do eSocial, bem como o Manual de Orientação do eSocial (MOS), disponível em Documentação Técnica. Além disso, foi publicado o informe abaixo.

    Qualificação Cadastral é essencial para entrada do eSocial

    Resultado da enquete colocada no portal mostra que empregadores utilizaram pouco a ferramenta

    O portal do eSocial lançou uma enquete que ficou no ar nos últimos 30 dias e o resultado requer atenção. Das 6.200 participações, apenas 36% declararam que já fizeram a qualificação de seus trabalhadores, enquanto 64% declararam que não fizeram ou desconhecem o que é Qualificação Cadastral. A transmissão de eventos ao eSocial será possível apenas para trabalhadores que estão com dados regulares.

     



     

    A regularidade das informações de dados básicos dos trabalhadores é essencial para que a empresa consiga implementar o eSocial. Por meio da ferramenta de Consulta Qualificação Cadastral o portal oferece aos empregadores uma solução para identificar possíveis divergências entre os cadastros internos das empresas, o CPF e o CNIS, e nos casos de incorreções apresentará as orientações para que se proceda a qualificação cadastral, a fim de não comprometer o cadastramento inicial ou admissões de trabalhadores no eSocial.

    É importante ressaltar que a obrigatoriedade de utilização do eSocial começa em janeiro de 2018 para empresas com faturamento acima de R$ 78 milhões no ano de 2016.

    Acesse a página com informações sobre a Qualificação Cadastral para conhecer essa ferramenta e verificar se os dados de seus trabalhados estão prontos para serem utilizados no eSocial.

     

    Fonte: Portal eSocial.

    Compartilhe:Share on FacebookShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
  • Voltar